Estamos atravessando um momento de muitas transformações e incertezas, mas podemos tirar algo de bom de qualquer situação ruim. É hora de ajudarmos a ajudar.

Entrei em contato com o pessoal do Nosso Lar (um centro espírita que assiste a comunidade do Vergel do Lago). Eles tiveram redução nas doações por causa da quarentena e, além disso, mais pessoas estão procurando ajuda lá porque a maioria das famílias da Beira da Lagoa sobrevive da venda de sururu para restaurantes e transeuntes. Resumindo, o Nosso Lar está precisando de ajuda e eu resolvi criar uma vaquinha para doar alimentos que serão doados à população.