A solidariedade é a emoção mais forte que a humanidade pode viver e experimentar.
Betinho


Quem tem fome tem pressa.
Betinho


Democracia não vive sem solidariedade, sem amor à igualdade, sem a participação de todas as pessoas nas mudanças que vêm por meio da ação, que não é puro discurso, nem vive das promessas do amanhã.
Betinho


O desafio de juntar igualdade com diversidade, de temperar com solidariedade conseguida pela participação.
Betinho


Se a distância perpetua a miséria, a solidariedade interrompe o ciclo que a produz, abre possibilidades imensas para se reconstruir a humanidade.
Betinho


A frieza construiu a miséria. Construiu as cidades cheias de gente e de muros que as separam como estranhos que se ignoram e se temem. A solidariedade vai destruir as bases de existência da miséria.
Betinho


Cidadania não é o individualismo, mas afirmação de cada um em sua relação de solidariedade com os outros.
Betinho

PARTICIPE DESSA CAMPANHA URGENTE E SOLIDÁRIA 

Desenvolva, promova e divulgue ações e/ou campanhas para o combate à fome
em todo o Brasil

O combate à fome é prioridade absoluta nesses tempos de pandemia causada pela Covid-19. Uma pesquisa recém realizada mostrou que o Brasil está vivendo um pico epidêmico da fome, com 19 milhões de brasileiros passando fome e mais da metade dos domicílios no país enfrentando algum grau de insegurança alimentar.

Diante desse quadro extremamente grave, nossa proposta é nos unirmos num mutirão de solidariedade e de participação cidadã em torno do combate à fome. Nesse sentido, criamos esse espaço para congregar ações, campanhas ou qualquer tipo de contribuição concreta que cada um de nós possa dar para ajudar a combater a fome no País.  

Publique sua ação/campanha no nosso MURAL DO MUTIRÃO, para que essas iniciativas possam ser:
• conhecidas e replicadas em outros locais
• receber apoio de outras pessoas e grupos
• conscientizar, inspirar e incentivar o engajamento de um maior número de pessoas em ações concretas de apoio aos muitos brasileiros que estão sofrendo com a fome

.
REGISTRE AQUI SUA AÇÃO

PARTICIPE DESSA CAMPANHA URGENTE E SOLIDÁRIA 

Desenvolva, promova e divulgue ações e/ou campanhas para o combate à fome
em todo o Brasil

Publique sua ação/campanha no nosso MURAL DO MUTIRÃO, para que essas iniciativas possam ser:
• conhecidas e replicadas em outros locais
• receber apoio de outras pessoas e grupos
• conscientizar, inspirar e incentivar o engajamento de um maior número de pessoas em ações concretas de apoio aos muitos brasileiros que estão sofrendo com a fome
Leia mais


REGISTRE AQUI SUA AÇÃO

VOCÊ PODE


Doar recursos (materiais, financeiros, etc) para ações e campanhas voltadas ao combate à fome feitas por pessoas, grupos e/ou organizações.

Divulgar situações críticas de fome que pessoas e/ou comunidades estão enfrentando e promover mobilização para apoiá-las.

Criar e promover ações, projetos ou campanhas voltados para o combate à fome, mobilizando sua rede contato e terceiros.

Promover campanhas de mobilização dos poderes públicos (Legislativo, Judiciário e Executivo), nas instâncias Federal, Estadual e/ou Municipal, para efetivações ações e iniciativas que priorizem o combate à fome.

VEJA NO MURAL DO MUTIRÃO TODAS AS AÇÕES PUBLICADAS

Você pode

Doar recursos (materiais, financeiros, etc) para ações e campanhas voltadas ao combate à fome feitas por pessoas, grupos e/ou organizações.

Divulgar situações críticas de fome que pessoas e/ou comunidades estão enfrentando e promover mobilização para apoiá-las.
.

Criar e promover ações, projetos ou campanhas voltados para o combate à fome, mobilizando sua rede contato e terceiros.

.

Promover campanhas de mobilização dos poderes públicos (Legislativo, Judiciário e Executivo), nas instâncias Federal, Estadual e/ou Municipal, para efetivações ações e iniciativas que priorizem o combate à fome.

.
.
ACESSE O MURAL DO MUTIRÃO,
PARA VER TODAS AS AÇÕES PUBLICADAS
.

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

.
Confira, no Banco de Iniciativas da Sociedade Civil no Combate ao Coronavírus, dicas e exemplos de ações que a sociedade civil vem realizando no âmbito da pandemia de Covid-19 e podem servir de inspiração para as ações.

.

O Mural do Mutirão foi criado para que você possa compartilhar sua ação e/ou campanha. Seu registro será divulgado em nossas mídias e redes sociais, motivando a mobilização e incentivando outras pessoas a também criar ações e fortalecer a sua própria iniciativa. 

.

O Mural do Mutirão foi criado para que você possa compartilhar sua ação e/ou campanha. Seu registro será divulgado em nossas mídias e redes sociais, motivando a mobilização e incentivando outras pessoas a também criar ações e fortalecer a sua própria iniciativa. 

AllCearáPernambucoAlagoasSergipeGoiásMinas GeraisRio de JaneiroRio Grande do SulDistrito FederalSão PauloMaranhãoParaíbaNacionalAcreRondôniaAmapáRio Grande do NorteEspírito Santo
🔍

Postado por: Bárbara Leite
Local: São Paulo/SP

Como a grande maioria das empresas, estamos lutando para sobreviver. Nós que trabalhamos com alimentação, entendemos nosso papel social neste momento em que a fome está assolando milhões de pessoas. Ficamos pensando em uma forma sustentável de conseguir contribuir neste momento. Nasceu então o “Comer é urgente” e vamos destinar 30% de todas as vendas em nossa loja virtual, para comprar alimentos para organizações e movimentos sociais que atendam diretamente pessoas em situação de vulnerabilidade social. Com essa ação pretendemos contribuir para amenizar o problema da fome e também reestabelecer postos de empregos dentro de nossa fábrica. Basicamente o que a gente propõe é que ajudar seja gostoso! Semanalmente, em nossas redes sociais, iremos divulgar as doações feitas e os destinos destas doações. Atendemos a grande São Paulo, Litoral Sul, Vale do Paraíba e interior de São Paulo, com dias definidos de entrega que podem ser visto em nosso site no momento que digita o CEP. Estamos há muitos anos alimentando momentos. E este momento em especial, pede a colaboração de todos nós. Juntos somos massa e vamos vencer a fome.

Links:
https://ravan.com.br/categoria-produto/massas/
https://www.instagram.com/ravanmassas/?hl=pt-br
https://www.facebook.com/RavanMassas/

Postado por: Mobilizadores
Local: Rio de Janeiro/RJ

Criado pela dentista Simone Levy, o projeto “Eu ajudo Como Dá” tem realizado doações para moradores de rua e pessoas em vulnerabilidade, além de ajudar trabalhadores informais que viram sua renda despencar por conta da pandemia. Cerca de 800 quentinhas são distribuídas por semana e a ideia é que cada voluntário realize a ação perto do bairro em que mora, entregando águas, itens de higiene e cobertores, além das refeições.

Links:
https://euajudocomoda.com.br

Postado por: Mobilizadores
Local: Rio de Janeiro/RJ

O #pratodascomunidades foi criado pra levar refeições prontas para quem precisa, além de também gerar empregos na comunidade. A campanha é uma iniciativa do Voz das Comunidades, organização liderada pelo mobilizador social Rene Silva, que arrecada recursos financeiros para a compra de alimentos, itens de higiene e limpeza que apoiam as famílias em situação de vulnerabilidade do Complexo do Alemão, subúrbio do Rio de Janeiro. Você pode depositar qualquer valor na conta:
Chave PIX (CNPJ): 21.317.767/0001-19 | Para depósito bancário: Banco: Caixa Econômica Federal, Agência: 0198, CP: 25173-9, Operação: 013, ONG VOZ DAS COMUNIDADES, CNPJ 21.317.767/0001-19

Links:
http://pratodascomunidades.com

Postado por: Ricarco Dinelli
Local: Belo Horizonte/MG

Pedimos aos moradores do meu prédio, que possui 42 apartamentos, para autorizar a compra pelo condomínio de cestas básicas. Seria descontado o valor autorizado no próximo boleto do condomínio. Conseguimos com isto 61 cestas básicas que foram entregues a associação do bairro de Lourdes para serem entregues a famílias carentes cadastradas.

Postado por: Jocélia Barreto
Local: São Paulo/SP

O professor Marcelo atua na periferia de São Paulo com projetos sociais de combate à fome, arrecadação de roupas e assistência judiciária.

Links:
https://apoia.se/professormarcelonascimento

Postado por: Mobilizadores
Local: Vitória/ES

Jovens, negros, universitários e periféricos, integrantes do movimento Levante Popular da Juventude no Espírito Santo, começaram em abril de 2020 uma mobilização de auxílio e ajuda para comunidades periféricas na Grande Vitória. A atuação do grupo se dá em lugares que são esquecidos pela sociedade e não se restringe apenas à arrecadação e distribuição de alimentos. Eles também ajudam a fazer cadastros para receber o auxílio emergencial, procuram saídas burocráticas junto ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e tem um papel muito importante de levar informações. Doações para o grupo podem ser feitas pelo Picpay @levante.es ou por depósitos e transferências bancárias no banco Banestes em nome de Amanda Stafanato Verediano. A agência é 271 e o número da conta é 4912127. Para entrar em contato direto com o grupo o Instagram é o @levantees.

Links:
https://www.uol.com.br/ecoa/ultimas-noticias/2021/04/29/universitarios-da-periferia-de-vitoria-es-ajudam-moradores-na-pandemia.htm

Postado por: Mobilizadores
Local: Belo Horizonte/MG

Morador da ocupação Terra Nossa, Igor Lana uniu forças com amigos e deu início a um projeto da cozinha solidária onde ele mora, em Belo Horizonte, para ajudar mais 200 moradores em situação de vulnerabilidade e de rua com café da manhã e almoço comunitário gratuito de segunda a sexta feira. Contato: (31) 99846-0045

Links:
https://www.instagram.com/p/CKXctNaFPPz/
https://www.facebook.com/igorlanaprojeto/

Postado por: Luiz Eduardo
Local: São Carlos/SP

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima organizará uma ação em prol das vítimas de câncer durante todo o mês de Maio. Celebrando o mês da Padroeira e também o dia das mães, a ação denominada Amigos Contra a Fome, buscará arrecadar alimentos não perecíveis para os pacientes da Rede Feminina de Combate ao Câncer e da ONG Oncovita. As doações deverão ser entregues na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Rua Maria Jacinta, 40 na região da USP, Jardim Paraíso.

Links:
https://www.saocarlosagora.com.br/cidade/amigos-contra-a-fome-ira-arrecadar-alimentos-para-pacientes-com-cancer/136238/

Postado por: Luiz Eduardo
Local: Campina Grande/PB

Diversos movimentos sociais e populares ocuparam a extinta Cozinha Comunitária do Jeremias para servir refeições gratuitamente à população carente e de baixa renda da região. A iniciativa é do “Comitê Sindical e Popular contra a Fome” que tem como objetivo que a Prefeitura de Campina Grande reabra todas as Cozinhas Comunitárias e Restaurantes Populares da Cidade e garanta a população que está passando fome, refeições diárias a baixo custo ou gratuitamente. Segundo o movimento, esta ação é um modelo de auto-organização formado por Agentes Populares de Saúde, onde foi realizado o cadastramento das famílias e em três dias foram servidas 1355 refeições, custeadas com recursos próprios das instituições que compõe o Comitê, sem nenhuma contribuição do poder público, nem empresarial. O Comitê Sindical e Popular Contra a Fome é formado por instituições, sindicatos, movimentos sociais e estudantis. Para mais informações de como ajudar e apoiar a luta contra fome, entre em contato com o Comitê Sindical e Popular através do número (83) 9-8877-3222.

Links:
https://sintab.org.br/comite-contra-fome-ocupa-cozinha-comunitaria-e-distribuem-refeicoes-gratuitas-para-populacao-de-baixa-renda/

Postado por: Mobilizadores
Local: Fortaleza/CE

O COEP CE aderiu e está mobilizando apoio à campanha “Soma Mais Fortaleza”, que arrecada doações para pessoas em situação de vulnerabilidade social em Fortaleza devido à pandemia de Covid-19. A ação solidária surgiu para suprir uma carência na sociedade, principalmente durante a pandemia, e qualquer pessoa pode contribuir, fazendo a doação de qualquer coisa, seja alimentação, roupa ou kit de higiene. Soma Mais Fortaleza terá a participação da sociedade civil, bem como de empresas, de entidades e daqueles que de alguma forma poderão contribuir na sua área de influência para que as doações aconteçam. Locais de arrecadação: Shopping RioMar, Farmácias Pague Menos e Ginásio Paulo Sarasate.

Links:
https://www.instagram.com/somamaisfortaleza/

Postado por: José Murilo Siqueira
Local: Aracaju/SE

Cerca de 2.300 garçons de bares, restaurantes e de eventos estão há mais de um ano sem trabalho ou com a carga horária reduzida por conta da pandemia provocada pela Covid-19, muitos inclusive estão passando fome e pedindo ajuda da Associação de Garçons da Grande Aracaju (AGA) para conseguir cestas básicas e se alimentar. “A situação está muito ruim, não só para a classe de garçom, mas também a de ajudantes de cozinha, cozinheiros e barman. Desde março do ano passado as casas de evento estão paradas, o governo adotou medidas que prejudica toda a classe, e pelo menos se os bares abrissem aos finais de semana com 30% de sua capacidade, como já aconteceu, o sofrimento ia ser menor, mas nem aos finais de semana estão abrindo”, lamentou Salvador Santa, presidente da AGA. Ainda segundo o presidente da associação, a situação é ainda pior para os garçons de eventos. “Desde o ano passado não ocorrem casamentos, festas de 15 anos, formaturas, ou seja, pelo menos 1.500 garçons estão sem trabalho e sem auxílio do governo. Ano passado conseguimos arrecadar mais de meia tonelada de alimentos e doar, e este ano já conseguimos 100 cestas básicas e vamos fazer a doação hoje. Todo dia tem um garçom ligando para mim, precisando de alimento”, revelou. Quem puder contribuir com a classe pode deixar as doações diretamente na sede da associação, que fica localizada na Rua Curitiba, nº 667, no Bairro Industrial. Para mais informações de como ajudar, falar com Salvador Santana pelo número (79) 9 9985-8869.

Links:
http://www.jornaldacidade.net/cidades/2021/04/322003/garcons-enfrentam-dificuldades.html

Postado por: José Murilo Siqueira
Local: São Paulo/SP

O Projeto de Ponta a Ponta é um projeto de Segurança Alimentar que busca fortalecer as duas pontas da cadeia de alimentos; a ponta da produção de alimentos e a ponta da distribuição de alimentos. Conectamos quem tem comida e não consegue vender, com quem precisa de comida e não tem dinheiro para comprar. Com a atual situação do Covi-19, observamos um problema nas duas pontas da cadeia de alimentos no escoamento da produção agrícola e no acesso à alimentação: Numa ponta muitos produtores rurais estão com dificuldades para vender sua produção e manter os empregos, alguns estão jogando alimentos fora por não terem compradores para seus produtos e não não conseguem doar, pois não tem dinheiro para o transporte. Na outra ponta, muitas famílias estão sem alimentos e a fome volta a ser uma triste realidade no Brasil. Pensando em unir essas duas pontas, ajudando os agricultores a escoar sua produção evitando sua falência e as famílias a se alimentar, criamos o Projeto De Ponta a Ponta. Com esse dinheiro pagamos os pequenos produtores, a fim de diminuir o impacto da pandemia na renda dos trabalhadores rurais, que viram suas vendas cair devido a pandemia e o fechamento de bares e restaurantes. Montamos as cestas de hortifruti numa escola pública e distribuímos à comunidade escolar e aos moradores do entorno, sem nenhuma distinção. As entregas são feitas semanalmente! Atualmente estamos localizados na Escola Estadual Prof. José Monteiro Boanova na Lapa. Você pode ajudar ainda:
Doando alimentos, dando apoio logístico, transportando alimentos, divulgando nossa iniciativa nas suas redes.
Trabalhamos em conjunto com o Instituto Kairós para recolher as doações e distribuir às partes associadas.
Instituto Kairós, Banco do Brasil, Ag. 1552-0, CC: 23462-1, CNPJ: 07.037.770/0001-58

Links:
http://www.depontaaponta.com.br

Postado por: Weggles Araujo
Local: Acre, Rondônia, Mato Grosso, Amapá, Ceará e Rio Grande do Norte

A campanha nacional carrega o slogan Se tem Gente com Fome, Dá de Comer e arrecada fundos para o enfrentamento da fome da miséria e da violência na pandemia de Covid-19. “Além das mortes, a pandemia trouxe fome, miséria e violência. É preciso agir rápido e, por isso, precisamos da sua ajuda. A fome não pode esperar”.

Links:
https://www.temgentecomfome.com.br

Postado por: Adriana Antunes
Local: Porto Alegre/RS

Criado em 20 de março de 2020, o Amparaí tem como objetivo distribuir diariamente refeições para pessoas em situação de vulnerabilidade social em Porto Alegre. Ao longo do projeto, já foram distribuídas mais de 130 mil quentinhas.

Links:
https://apoia.se/misturai

Postado por: Adriana Antunes
Local: São Paulo/SP

ONG ajuda a combater o desperdício e alimenta milhares de pessoas em situação de insegurança alimentar. Os interessados podem ajudar de forma pontual ou recorrente.

Links:
https://bancodealimentos.org.br/doe

Postado por: Mobilizadores
Local: Rio de Janeiro/RJ

A Agência do Bem retomou a campanha Quarentena Sem Fome, com o objetivo de amenizar as dificuldades de famílias em situação de vulnerabilidade e facilitar que as doações chegue de forma eficiente e práticas a elas. Adotando uma família por três meses, pelo valor mensal de R$ 85, a Agência do Bem se encarregará diretamente de todo o processo, desde a compra até a distribuição das cestas de alimentos e itens básicos de higiene. Para contribuir, basta realizar uma transferência para os dados abaixo, enviando email para contato pelo endereço contato@agenciadobem.org.br.
Agência do Bem / Banco Itaú / Agência 7499 / Conta corrente 13311-9 / CNPJ 17.016.104/0001-97

Links:
https://www.facebook.com/agenciadobem/
https://www.agenciadobem.org.br
https://eurio.com.br/noticia/21409/agencia-do-bem-retoma-campanha-quarentena-sem-fome.html

Postado por: Mobilizadores
Local: Nacional

Cientistas de várias universidades públicas brasileiras iniciaram uma ação nas redes sociais para incentivar a sociedade a ajudar na luta contra a fome no Brasil, problema agravado pela pandemia, com a queda de renda da população. Chamada Coalizão contra a fome – A ciência de mãos dadas com a cidadania, a iniciativa pretende alertar para a emergência que a carência de alimentos representa e chamar as pessoas a contribuírem com Organizações Não Governamentais (ONGs) que atuam no combate à fome (confira a lista abaixo). O pesquisador Paulo Artaxo, professor do Instituto de Física (IF) da USP, alerta que se trata de uma emergência que precisa de reação forte da sociedade e que o auxílio emergencial é insuficiente para alimentar uma família ao longo do mês. “Além de fazer ciência temos que fazer ciência cidadã, ajudando a mitigar esse problema da fome”, afirma. A ação Coalizão contra a fome divulgou uma lista de organizações que recebem doações de alimentos e trabalham na distribuição junto às populações vulneráveis.

Links:
www.facebook.com/CoalizaoCS
https://www.instagram.com/cienciasociedade_coalizao/
https://www.youtube.com/channel/UCspTdqD-vXTdAC61sVr9ihg
https://twitter.com/CoalizaoCs
https://jornal.usp.br/universidade/cientistas-lancam-campanha-de-mobilizacao-pela-emergencia-da-fome-no-pais/

Postado por: Lindomar de Lima Pereira
Local: São João da Ponte/MG

Já se passaram um ano do COVID-19 e nossas famílias ainda sofrem com a falta de recursos, de trabalhos e de alimentos. São mais de 115 famílias cadastradas desde o início desta pandemia, que de alguma forma, são assistidas pelas ações da Associação Comunitária Quilombola de Vereda Viana . Para continuarmos nosso trabalho, precisamos de doações financeiras para a compra de 500 cestas básicas, kits de higiene e limpeza no valor aproximado de R$ 80, o conjunto todo. Contamos com a sua colaboração e temos a certeza de que juntos, venceremos mais esta etapa.

Públicos beneficiados por esta ação: Adolescentes, crianças, adultos, comunidade tradicionais
Total de beneficiados diretos da ação:240 família
BANCO: 756 SICOOB CREDIVAG / AGENCIA: 3134 / CONTA: 18186-2

Postado por: Mobilizadores
Local: Nacional

Fazer doações online pelo iFood é possível para contribuir no combate à fome no Brasil pelo aplicativo para Android ou iPhone (iOS). O valor em dinheiro é totalmente convertido em doação de cestas básicas para a ONG Ação da Cidadania, refeições para diversas instituições e alimentos para o projeto #VencendoJuntos. Existem três formas de doação:

  • Doação de cestas básicas para a ONG Ação da Cidadania. As doações são feitas pelo app do iFood e convertidas em cestas básicas que são entregues pela ONG Ação da Cidadania para famílias mais vulneráveis em 100% dos estados brasileiros.
  • Doação de refeições prontas dos restaurantes do Bom e Barato. Por meio de doação de refeições prontas no app do iFood, é possível apoiar a população vulnerável e apoiar pequenos restaurantes ao gerar renda com a produção dessas refeições. Além disso, os entregadores que realizam essas entregas para os restaurantes que fazem parte da ação, recebem pagamento pela rota e também ganham uma refeição.
  • Doação de cartões vale-alimentação. Aqui o usuário doa alimentos para a campanha #vencendojuntos, idealizada por atletas brasileiros como Flávio Canto, Hortência, Guga entre outros. O objetivo é beneficiar cerca de 33 mil famílias em situação de vulnerabilidade social em diversas cidades do Brasil. As doações são convertidas em vales-alimentação no valor de R$ 100,00 durante 3 meses.

Links:
https://institucional.ifood.com.br/nossa-entrega/ferramenta-doacao
https://institucional.ifood.com.br/doacao/
https://olhardigital.com.br/2021/04/12/dicas-e-tutoriais/combate-a-fome-saiba-como-fazer-uma-doacao-pelo-ifood/

Postado por: Luiz Eduardo
Local: Nacional

Com a sessão de meditação solidária, que acontecerá pela plataforma zoom, espera-se reavivar, nos participantes, a motivação para pensar e agir no coletivo, na busca por ajudar o outro dentro das possibilidades de cada um. Uma maneira de entrar em contato com aquilo que nos une como seres humanos e, também, reverberar o sentimento de gratidão pelo que se tem. As doações arrecadas serão inteiramente revertidas ao projeto @paodopovodarua (https://www.ipcb.net.br/doação-marmita-solidária-ipcb), idealizado e coordenado pelo Chef Ricardo Frugoli e apoiado pelo Padre Julio Lancellotti (@PadreJulio.Lancellotti), ativista religioso que se tornou símbolo nacional da luta e amor a favor daqueles que mais necessitam nesse momento. Este evento conta com o apoio do Centro de Estudo do Budismo Tibetano Shiwa-Lha (@centro_shiwa_lha_ ), e do Centro Cultural b_arco (@b_arco). Doação: Qualquer contribuição pode fazer a diferença!

Links:
https://www.eventbrite.com.br/e/meditacao-solidaria-com-ilana-gorban-registration-148434978015
https://www.ipcb.net.br/doação-marmita-solidária-ipcb
https://shiwalha.org.br

Postado por: Mobilizadores
Local: Nacional

O aplicativo Comida Invisível oferece comida para quem tem fome, conectando restaurantes e outros estabelecimentos a mercados, creches, ONGs ou mesmo pessoas físicas, que precisem de alimentos, tudo através de geolocalização. O app foi criado pela advogada Daniela Leite, a publicitária Flavia Vendramin e o jornalista Sergio Ignácio como a melhor forma possível de combater um dos grande males contemporâneos: o desperdício de alimentos. “Conectamos quem precisa receber alimentos, com empresas que queiram destinar seus excessos, com segurança e praticidade”, diz o site do app. Quem puder doar deve se cadastrar no app, informar qual comida irá doar com validade, data e forma de entrega. Com a aceitação da doação pela outra parte, o doador confirma se poderá fazer a entrega ou se ela terá de ser retirada. Vale lembrar que todos que participam assinam compromissos de responsabilidade, sobre manipulação dos alimentos, além de terem de participar de um treinamento online sobre armazenamento e preparo de alimentos, seguindo as normas da Anvisa.

Links:
https://www.comidainvisivel.com.br
https://www.instagram.com/comidainvisivel/
https://linktr.ee/comidainvisivel

Postado por: Mobilizadores
Local: Uberaba/MG

A Escola Municipal Santa Maria promoveu, no dia 14/4, o Dia da Partilha. Uma mesa foi instalada no lado de fora da escola, com alimentos e roupas, incentivando quem precisava das doações a pegar os produtos e quem pudesse ajudar a deixar um donativo. O objetivo da ação foi ajudar o próximo e minimizar os impactos da pandemia junto às famílias. A diretora da escola contou que a ideia do evento surgiu da constatação do grande número de famílias perdendo o emprego e de crianças passando fome, sem energia e sem internet para assistirem as aulas.

Links:
https://jmonline.com.br/novo/?noticias,1,GERAL,211035

Postado por: Mobilizadores
Local: Belo Horizonte/MG

“A fome tem pressa”. Essa frase encerra a primeira publicação no perfil oficial da ação “Dois pães e um pingado BH”, que divulga a ação de uma equipe que ajuda a combater a fome na capital mineira, distribuindo café da manhã para a população em vulnerabilidade social. O trabalho já existe em outras cidades do país como Campinas, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Chegou à Belo Horizonte em julho de 2020 e, desde então, leva 100 kits com pães, frutas, água, achocolatado e café para quem precisa. O gesto ocorre sempre aos domingos, percorrendo a região de Venda Nova até o viaduto próximo à avenida Bernardo Vasconcelos. Os voluntários utilizam a internet para interagir com a boa vontade dos doadores. Para ajudar, basta entregar alimentos que podem compor o café da manhã. Também contam com mão de obra na montagem e entrega dos kits e apoio na divulgação das ações. Outras informações estão na página do projeto ou, ainda, pelo telefone (31) 99158-7681.

Links:
https://www.instagram.com/doispaeseumpingadobh/?utm_source=ig_embed
https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2021/04/15/voluntarios-distribuem-cafe-da-manha-e-material-de-higiene-para-pessoas-sem-teto-em-bh.ghtml

Postado por: Mobilizadores
Local: Porto Alegre/RS

A cozinha do restaurante do Clube dos Jangadeiros foi aberta para preparo de refeições entregues a moradores de rua. A distribuição de marmitas começou por iniciativa de um sócio do local e culminou na reativação do espaço, que estava com atendimento limitado devido à pandemia. Refeições servidas em uma marmita de isopor são distribuídas para pessoas em situação de rua nas comunidades mais pobres de Porto Alegre, uma forma encontrada para amenizar a fome de quem viu os rendimentos minguarem com a pandemia de coronavírus. O preparo das marmitas começou ainda em 2020. Em 12 meses, 5 mil entregas foram realizadas, em roteiros indicados por outros voluntários ou até mesmo em incursões itinerantes com a kombi do restaurante. Quem quiser ajudar pode entrar em contato com o organizador da ação, Leandro Garcia (Lelê), pelo telefone (51) 98179-4707. Também é possível fazer um Pix para o restaurante, pela chave: speventosgastronomicos@gmail.com.

Links:
https://gauchazh.clicrbs.com.br/porto-alegre/noticia/2021/04/cozinha-do-clube-dos-jangadeiros-e-aberta-para-preparo-de-refeicoes-entregues-a-moradores-de-rua-cknhn5nck0023016ulqdwydjx.html

Postado por: Mobilizadores
Local: Petrópolis/RJ

Um grupo de profissionais do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, atuantes na linha de frente do combate à Covid-19, criou o projeto “Mãos Que Cuidam” em parceria com o Projeto Aloha. O intuito é combater a fome e outras necessidades das famílias de pacientes internados ou que faleceram, que estão passando por dificuldades financeiras. “Por mais que a assistência social as insira nos programas de governo, a ajuda demora muito a chegar até eles.(…) Inúmera vezes, nós profissionais juntávamos dinheiro e ajudávamos apenas uma família. A partir disso, pensei que ao invés de ajudarmos uma só, poderíamos criar um projeto maior e que pudesse atender todas as demandas. Conseguimos também pensar numa forma de não focar somente nos pacientes,  mas num todo. Já tivemos a situação de um paciente que a mãe morreu no hospital, onde o pai, impossibilitado de trabalhar, ficou sozinho com sete filhos, em sua grande maioria menores de idade, e nos juntamos e arrecadamos doze cestas básicas para a família”, conta a enfermeira Carol Caminho, uma das idealizadoras do projeto. Para informações, entre em contato com (24) 98825-7422. O ponto de arrecadação está sendo no Terê Frutas, na Rua Paulo Barbosa. As doações também podem ser feitas acessando o site da DIB e realizando a compra online, indicando o nome de Carlo Camanho junto com o número do telefone.

Links:
https://tribunadepetropolis.com.br/noticias/profissionais-da-linha-de-frente-contra-covid-ajudam-familias-em-extrema-pobreza/

Postado por: Mobilizadores
Local: São Paulo/SP

Um cliente de um restaurante localizado no bairro de Jatiúca, em Maceió, inovou na atitude solidária. Ao verificar a nota do pedido, feito na segunda-feira (12/4) por um aplicativo de entregas, o funcionário percebeu que o cliente pediu para que a refeição comprada online fosse entregue para alguém que estivesse passando fome na rua. A compra, um combo com sanduíche, batatas fritas e um copo de 3oo ml de suco de laranja, foi então dado a uma mulher grávida que pedia ajuda em frente ao estacionamento de um supermercado. E não demorou muito para que o pedido, compartilhado na rede social do estabelecimento, viralizasse e comovesse milhares de internautas.

Links:
https://www.instagram.com/p/CNlo8iDrxSD/
https://www.msn.com/pt-br/receitasebebidas/noticias-e-receitas/cliente-pede-delivery-para-quem-está-na-rua-passando-fome-e-comove-web/ar-BB1fESH9?li=AAavj2p

Postado por: Mobilizadores
Local: Embu das Artes/SP

O Projeto Banca Solidária de Alimentos distribui periodicamente, e conforme a disponibilidade, verduras, legumes e frutas à população, por meio do Banco Municipal de Alimentos. A sua realização é sazonal e depende da doação de produtos em bom estado para consumo, que são provenientes do excedente do Programa de Segurança Alimentar, que atende famílias em situação de vulnerabilidade social no município. Para saber informações sobre a realização da Banca Solidária, o munícipe deverá entrar em contato com o Banco de Alimentos pelo telefone (11) 4704-0896. O Banco Municipal de Alimentos Herbert José de Souza fica na rua Aleardo Carpi, 383, Vila Cercado Grande.

Links:
https://www.jornalspreporter.com.br/noticia/7934/embu-das-artes-banca-solidaria-combate-a-fome-e-o-desperdicio-com-doacao-de-alimentos

Postado por: Mobilizadores
Local: Rio de Janeiro/RJ

O Projeto Sem Fome foi criado durante a pandemia para ajudar desabrigados no Rio de Janeiro por via da distribuição de água e quentinhas diariamente pelo bairro do Centro. Atualmente o projeto entrega em média 100 quentinhas e 100 garrafas d’água por dia, o que custa aproximadamente 900 reais. Por mais que doadores fixos mantenham esse esforço ao longo das semanas, os recursos para continuar as entregas tem diminuído consideravelmente.

Links:
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/projeto-sem-fome-andre-simoes-de-oliveira
https://www.instagram.com/projeto.semfome/?hl=pt-br

Postado por: Mobilizadores
Local: Recife/PE

Um coletivo organizado por jovens de periferias do Recife realiza uma campanha para arrecadação de fundos para ações emergenciais de enfrentamento à fome e miséria na pandemia de Covid-19. O objetivo é distribuir 1500 cestas, garantindo que mais de 350 famílias mapeadas no nosso cadastro sejam beneficiadas durante 5 meses, em 15 comunidades periféricas da Região Metropolitana do Recife.

Links:
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/de-bucho-cheio
https://www.instagram.com/redetumulto/
https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/vidaurbana/2021/04/coletivo-faz-campanha-para-arrecadar-fundos-no-combate-a-fome-na-regia.html

Postado por: Vandeilson Pedro
Local: Barra de Guabiraba/PE

A iniciativa do casal Flávia e Paulo já faz cinco anos e vem cada vez mais ajudando as pessoas mais carentes da cidade de Barra de Guabiraba no agreste de Pernambuco. Também vem ganhando parceiros (comerciantes locais) que ajudam com suplementos para fazer o sopão e distribuir atualmente para mais de 300 pessoas. O ato de solidariedade é chamado de SOPÃO FIÉIS DA FAMÍLIA, que está sendo mais importante ainda nesse momento de pandemia que enfrentamos e vai de encontro ao combate de outra realidade negativa, que é a fome!

Links:
https://www.facebook.com/sopaofieisdafamilia.oficial/
https://globoplay.globo.com/v/9432608/

Postado por: Francisco Weggles L. de Araujo
Local: Todo o País

Movimentos sociais e ongs lançaram a campanha “tem gente com fome”, para levar cestas básicas a quase 223 mil famílias em vulnerabilidade no Brasil. Em minas, a expectativa é ajudar pelo menos 1.420 famílias. As cestas, no valor equivalente a R$ 200 por mês, incluem alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal. Elas serão distribuídas por um período de três meses. Para que tudo isso seja possível, a ação precisa arrecadar 133 milhões de reais. As doações podem ser feitas por meio do site.
.

Links:
https://www.temgentecomfome.com.br
https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2021/03/18/campanha-quer-levar-cestas-basicas-a-familias-em-vulnerabilidade-na-pandemia-veja-como-ajudar.ghtml

Cozinhas solidárias

Postado por: Mobilizadores
Local: Roraima, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e São Paulo

Campanha do MTST para a construção de Cozinhas Solidárias para que as famílias nas periferias tenham garantida sua alimentação rica em nutrientes. Serão construídas 16 Cozinhas Solidárias em 11 estados: na periferia dos estados de Roraima, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, duas no Distrito Federal, quatro nas periferias de São Paulo e, por fim, uma na região do ABC paulista. A proposta de implementação das cozinhas solidárias visa impactar diretamente a vida da população mais vulnerável das periferias.  As Cozinhas Solidárias funcionarão todos os dias distribuindo almoços grátis para as famílias das periferias dos centros urbanos do país.

Links:
https://apoia.se/cozinhasolidaria?fbclid=IwAR2MwuxD_gPCODPd-YHPn5i9bDeGUBMo64DkhpczVG87VoibvuGUSr5JPTw

Tio e sobrinho criam banca solidária para doar alimentos a quem não tem como comprar 

Postado por: Mobilizadores
Local: São Luís/MA

Tio e sobrinho, comerciantes montaram uma banca em frente ao seu estabelecimento comercial repleta de alimentos e ítens de mercearia, com um cartaz que diz: “Caso você esteja precisando de alimentos e não tenha como comprar, fique à vontade para pegar. E se quiser doar, sinta-se à vontade”. Os comerciantes representam hoje o único salva-vidas para muitas famílias impactadas pela pandemia na região metropolitana de São Luís. Eles tiram do próprio bolso o dinheiro para adquirir os produtos alimentícios distribuídos a quem precisa.

Links:
https://jornalpequeno.com.br/2021/04/09/tio-e-sobrinho-criam-banca-solidaria-para-doar-alimentos-a-quem-nao-tem-como-comprar/

Campanha Fortaleza Sem Fome busca apoio para associações que atuam no combate à fome 

Postado por: Mobilizadores
Local: Fortaleza/CE

A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB), instituição da Secult (Governo do Ceará), lançou a campanha “Fortaleza sem fome” para que aqueles que puderem, colaborem com a continuidade das atividades das associações que atuam no combate à fome. Para apoiar, os interessados devem entrar em contato diretamente com as associações e conferir a melhor forma de colaborar, seja com doações de alimentos, kits de higiene pessoal ou transferências financeiras.

Grupo Espírita Mei Mei | Telefones: (85) 9146-2230 ou (85) 9.9125.7979 • Associação dos moradores do Bom Jardim | e-mail: associacaobj_bj@yahoo.com.br | mariazenilce@gmail.com Instagram: @ambjunidas • Associação do Comércio Solidário do Pirambu | Telefone: (85) 98733-1421 ou (85) 99418-5114 • Gentil Somos | Telefone: (85) 98642-6300 | Instagram: @gentilsomos • Movimento Saúde Mental | Telefone: (85) 99179-1396 | Instagram: @movimentosaudemental • Associação É POSSIVEL | Telefone: (85) 98817-1368 | Instagram: @epossivel_ • União de Jovens do Vicente Pinzón | Facebook: https://www.facebook.com/Uniao-de-Jovens-do-Vicente-Pinzon-456723331165199/ | Instagram: @uniaodejovensdovincentepinzon • Centro de Formação Capacitação e Pesquisa Frei Humberto | Telefone: (85) 3051-3237 ou (85) 99901-7284 | Instagram: @centrofreihumeberto • Instituto João de Deus | Telefone: (85) 99986-8333 ou (85) 3235-4145 | Instagram: @institutojoaodedeus • SOS Periferia | Telefone: (85) 99635-7677 | Instagram: @sos.periferia

Links:
https://www.ceara.gov.br/2021/04/09/campanha-fortaleza-sem-fome-busca-apoio-para-associacoes-que-atuam-no-combate-a-fome/

Geladeira solidária oferece comida a quem precisa 

Postado por: Mobilizadores
Local: Campo Bom/RS

A ideia é simples e muito eficiente. Uma geladeira é instalada na rua. Pessoas, restaurantes, entre outros podem deixar comida lá em vez de desperdiçar ou jogar fora. Quem estiver passando por lá pode se alimentar, assim ajudam pessoas necessitadas e evitam desperdício de comida, dois problemas minimizados em uma solução simples. Um casal em Campo Bom instalou a geladeira antiga em frente da casa e avisou a vizinhança que todos que quisessem poderiam colocar alimentos na geladeira, para quem precisa. Quem pode doar alimentos, deposita na geladeira, e quem precisa, abre a porta e pega o que necessita. Como a geladeira não está ligada, só podem ser doados alimentos não perecíveis.

Links:
https://agazetacb.com.br/geladeira-solidaria-oferece-comida-de-graca-para-moradores-carentes/
https://www.jornalnh.com.br/cotidiano/blogs/bom_exemplo/2020/06/29/casal-usa-geladeira-antiga-para-oferecer-comida-a-quem-precisa-em-campo-bom.html

Padaria Solidária distribui pães e leite às famílias de baixa renda 

Postado por: Mobilizadores
Local: Cabo Frio/RJ

O projeto ‘Padaria Solidária’, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, distribui pães e leite para moradores de vários bairros da cidade que estejam com dificuldades financeiras devido à crise do novo coronavírus. O projeto começou no início de abril e já atendeu mais de mil pessoas. Para receber a doação, a família deve se cadastrar no próprio local, em um estabelecimento anexo à padaria Remmar, na Avenida Teixeira e Souza, 1203, Braga. Cada família cadastrada ganha seis pães e 1 litro de leite. A distribuição dos kits acontece diariamente em dois horários: das 10h às 13h, e das 14h às 15h. Para atender a demanda, Renato conta com os apoio dos funcionários, que voluntariam 2h do seu tempo para ajudarem na iniciativa.

Links:
https://observatorio3setor.org.br/noticias/padaria-solidaria-doa-paes-e-leite-as-familias-de-baixa-renda/
https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2020/04/15/padaria-solidaria-distribui-paes-e-leite-para-a-populacao-durante-a-quarentena-e-empresario-explica-somos-o-que-fazemos-pelos-outros.ghtml

Campanha Vacina Solidária 

Postado por: Áureo Almeida de Oliveira
Local: Belo Horizonte/MG

O COEP Minas lançou no dia 8 de abril de 2021 uma campanha solidária em todo estado de Minas Gerais, Vacina Solidária. Estamos encaminhando todo o material de divulgação para os parceiros do COEP Brasil. Estes modelos das cartas podem ser usados por todos, dentro de cada COEP, mudando apenas o nome do estado e os representantes do COEP. Esta iniciativa tem as participações do Marcos Tadeu, do INDEC – BDMG, e da Júlia Caldas, representando a FUNDAMIG..

Links:
Carta aberta à sociedade mineira
Carta aberta aos prefeitos de Minas Gerais
Proposta para campanha para arrecadação de arrecadação / doação de alimentos
Release – COEP Minas articula mobilização estadual para combate à fome

Unindo Forças BH – Todos Contra a Fome 

Postado por: Áureo Almeida de Oliveira
Local: Belo Horizonte/MG

A pandemia de COVID-19 deixa sequelas muito além das quase 300 mil vidas perdidas no Brasil. No cenário econômico, os preços dos produtos básicos aumentam cada vez mais e famílias enfrentam dificuldades de comprar alimentos para as refeições do dia. Por isso, um grupo de empresas, instituições e projetos sociais de Belo Horizonte se juntaram em uma campanha on-line, “Unindo Forças BH- Todos contra a Fome”, para arrecadar doações e transformar em cestas básicas. Colocar comida na mesa de quem precisa é o propósito descrito na campanha. O objetivo, segundo os fundadores, é arrecadar R$ 1 milhão para ser revertido em 15 mil cestas básicas para todas as famílias carentes de mais de 50 comunidades em toda Grande BH. Para doar, basta acessar o site https://evoe.cc/unindo-forcas-bh , clicar em “apoiar o projeto”. Você pode contribuir com qualquer valor na campanha, mas também exibem a quantia para ajudar um casal (R$ 50) ou até mesmo mais de 100 famílias (R$ 10.000).

Links:
https://evoe.cc/unindo-forcas-bh
https://www.instagram.com/unindoforcasbh/

Doação de alimentos DF 

Postado por: José Murilo Siqueira
Local: Brasília/DF

A ONG Cereal Cerebral é uma Associação Sem Fins Lucrativos com sede em São Paulo e filial em Brasília que conta com uma equipe de nutricionistas de todo o Brasil. Nós fornecemos atendimento online gratuito com nutricionista e também palestras de conscientização sobre alimentação e saúde com doação de alimentos para comunidades carentes de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. O momento atual pede distanciamento e cuidados para evitar a contaminação pelo COVID-19. Respeitando as medidas de isolamento, estamos arrecadando verbas somente pela Internet e vamos fazer a compra dos alimentos para entrega somente após a conclusão das campanhas de vacinação nas cidades onde atendemos. Nós pretendemos doar uma cesta básica por família. O custo médio dos produtos que compõem a cesta básica, na capital paulista, foi estimado em R$ 654,15, alta de 3,59% na comparação com dezembro de 2020 (Fonte: DIEESE, Fevereiro 2021). Em 11 das 17 capitais analisadas pela pesquisa, a cesta básica custa mais da metade do salário mínimo atual. Precisamos ajudar essas famílias que estão em situação de pobreza e recebem muito menos que um salário mínimo a ter o que comer. Para cumprir a meta de atender pelo menos 30 famílias por comunidade, precisamos arrecadar R$ 19.624,50. Todos que fizerem parte dessa arrecadação de doações online receberão um e-mail com as fotos feitas no dia da doação cm cada família que ganhou a cesta básica e também com uma mensagem de agradecimento das família e dos nossos voluntários da ONG.

Links:
https://benfeitoria.com/doacao-de-alimentos-df-nvi?ref=benfeitoria-pesquisa-projetos
https://www.instagram.com/cerealcerebral/

Cajazeiras Solidária II 

Postado por: Francisco Weggles Lima de Araujo
Local: Cajazeiras/PB

As famílias em situação de vulnerabilidade social residentes em áreas periféricas da cidade começaram a receber, nesta quarta-feira, 07, centenas de cestas básicas doadas por segmentos do comércio e do empresariado de Cajazeiras.

Links:
https://www.radarsertanejo.com/2021/04/07/cajazeiras-solidaria-ii-cestas-basicas-comecam-a-ser-entregues-as-familias-carentes/

Cidades Sem Fome 

Postado por: Luiz Eduardo
Local: São Paulo/SP

Projeto usa áreas abandonadas em SP pra trazer comida e emprego para as pessoas. A ONG Cidades Sem Fome desenvolve projetos de agricultura sustentável, baseados nos princípios da produção orgânica, para levar autosuficiência financeira e de gestão para comunidades vulneráveis. Desenvolve projetos de Hortas Comunitárias, Hortas Escolares e Estufas Agrícolas utilizando espaços, áreas públicas e particulares precárias que não possuem uma destinação específica, para criar oportunidades de trabalho para pessoas em vulnerabilidade social e melhorar a situação alimentar e nutricional de crianças e adultos.

Links:
https://cidadessemfome.org/pt-br/
https://www.facebook.com/cidadessemfome/?fref=ts
https://www.hypeness.com.br/2013/06/projeto-usa-areas-abandonadas-em-sp-pra-trazer-comida-e-emprego-pras-pessoas/

Prefeitura e organizações da sociedade civil se unem na campanha Rio Contra a Fome

Postado por: Andre Spitz
Local: Rio de Janeiro/RJ

Os 250 postos de vacinação do município do Rio de Janeiro estão recebendo doações de alimentos não-perecíveis. A campanha está incentivando pessoas que forem se vacinar contra a Covid no município do Rio a levar 1kg de alimento não-perecível que será destinado a pessoas que estão passando por necessidades em comunidades durante a pandemia.

Links:
• https://prefeitura.rio/cidade/prefeitura-e-organizacoes-da-sociedade-civil-se-unem-na-campanha-rio-contra-a-fome-para-doacoes-de-alimentos/

Governo de São Paulo lança campanha “Vacina Contra a Fome”

Postado por: Luiz Eduardo
Local: Estado de São Paulo

Postos de vacinação contra a covid-19 em São Paulo estão recebendo doação de alimentos. A campanha Vacina contra a Fome foi lançada pelo governo do estado está contando com a adesão de muitas cidades paulistas. Na campanha, as pessoas que forem tomar a vacina podem doar alimentos não perecíveis, como arroz, feijão ou leite em pó. As doações vão ser repassadas pelas prefeituras para as famílias afetadas pela crise causada durante a pandemia.

Links:
• https://www.saopaulo.sp.gov.br/sala-de-imprensa/release/governo-de-sao-paulo-lanca-campanha-vacina-contra-a-fome/

AllCearáPernambucoAlagoasSergipeGoiásMinas GeraisRio de JaneiroRio Grande do SulDistrito FederalSão PauloMaranhãoParaíbaRoraimaNacionalAcreRondôniaAmapáRio Grande do NorteEspírito Santo
🔍

Postado por: Bárbara Leite
Local: São Paulo/SP

Como a grande maioria das empresas, estamos lutando para sobreviver. Nós que trabalhamos com alimentação, entendemos nosso papel social neste momento em que a fome está assolando milhões de pessoas. Ficamos pensando em uma forma sustentável de conseguir contribuir neste momento. Nasceu então o “Comer é urgente” e vamos destinar 30% de todas as vendas em nossa loja virtual, para comprar alimentos para organizações e movimentos sociais que atendam diretamente pessoas em situação de vulnerabilidade social. Com essa ação pretendemos contribuir para amenizar o problema da fome e também reestabelecer postos de empregos dentro de nossa fábrica. Basicamente o que a gente propõe é que ajudar seja gostoso! Semanalmente, em nossas redes sociais, iremos divulgar as doações feitas e os destinos destas doações. Atendemos a grande São Paulo, Litoral Sul, Vale do Paraíba e interior de São Paulo, com dias definidos de entrega que podem ser visto em nosso site no momento que digita o CEP. Estamos há muitos anos alimentando momentos. E este momento em especial, pede a colaboração de todos nós. Juntos somos massa e vamos vencer a fome.

Links:
https://ravan.com.br/categoria-produto/massas/
https://www.instagram.com/ravanmassas/?hl=pt-br
https://www.facebook.com/RavanMassas/

Postado por: Mobilizadores
Local: Rio de Janeiro/RJ

Criado pela dentista Simone Levy, o projeto “Eu ajudo Como Dá” tem realizado doações para moradores de rua e pessoas em vulnerabilidade, além de ajudar trabalhadores informais que viram sua renda despencar por conta da pandemia. Cerca de 800 quentinhas são distribuídas por semana e a ideia é que cada voluntário realize a ação perto do bairro em que mora, entregando águas, itens de higiene e cobertores, além das refeições.

Links:
https://euajudocomoda.com.br

Postado por: Mobilizadores
Local: Rio de Janeiro/RJ

O #pratodascomunidades foi criado pra levar refeições prontas para quem precisa, além de também gerar empregos na comunidade. A campanha é uma iniciativa do Voz das Comunidades, organização liderada pelo mobilizador social Rene Silva, que arrecada recursos financeiros para a compra de alimentos, itens de higiene e limpeza que apoiam as famílias em situação de vulnerabilidade do Complexo do Alemão, subúrbio do Rio de Janeiro. Você pode depositar qualquer valor na conta:
Chave PIX (CNPJ): 21.317.767/0001-19 | Para depósito bancário: Banco: Caixa Econômica Federal, Agência: 0198, CP: 25173-9, Operação: 013, ONG VOZ DAS COMUNIDADES, CNPJ 21.317.767/0001-19

Links:
http://pratodascomunidades.com

Postado por: Ricarco Dinelli
Local: Belo Horizonte/MG

Pedimos aos moradores do meu prédio, que possui 42 apartamentos, para autorizar a compra pelo condomínio de cestas básicas. Seria descontado o valor autorizado no próximo boleto do condomínio. Conseguimos com isto 61 cestas básicas que foram entregues a associação do bairro de Lourdes para serem entregues a famílias carentes cadastradas.

Postado por: Jocélia Barreto
Local: São Paulo/SP

O professor Marcelo atua na periferia de São Paulo com projetos sociais de combate à fome, arrecadação de roupas e assistência judiciária.

Links:
https://apoia.se/professormarcelonascimento

Postado por: Mobilizadores
Local: Vitória/ES

Jovens, negros, universitários e periféricos, integrantes do movimento Levante Popular da Juventude no Espírito Santo, começaram em abril de 2020 uma mobilização de auxílio e ajuda para comunidades periféricas na Grande Vitória. A atuação do grupo se dá em lugares que são esquecidos pela sociedade e não se restringe apenas à arrecadação e distribuição de alimentos. Eles também ajudam a fazer cadastros para receber o auxílio emergencial, procuram saídas burocráticas junto ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e tem um papel muito importante de levar informações. Doações para o grupo podem ser feitas pelo Picpay @levante.es ou por depósitos e transferências bancárias no banco Banestes em nome de Amanda Stafanato Verediano. A agência é 271 e o número da conta é 4912127. Para entrar em contato direto com o grupo o Instagram é o @levantees.

Links:
https://www.uol.com.br/ecoa/ultimas-noticias/2021/04/29/universitarios-da-periferia-de-vitoria-es-ajudam-moradores-na-pandemia.htm

Postado por: Mobilizadores
Local: Belo Horizonte/MG

Morador da ocupação Terra Nossa, Igor Lana uniu forças com amigos e deu início a um projeto da cozinha solidária onde ele mora, em Belo Horizonte, para ajudar mais 200 moradores em situação de vulnerabilidade e de rua com café da manhã e almoço comunitário gratuito de segunda a sexta feira. Contato: (31) 99846-0045

Links:
https://www.instagram.com/p/CKXctNaFPPz/
https://www.facebook.com/igorlanaprojeto/

Postado por: Luiz Eduardo
Local: São Carlos/SP

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima organizará uma ação em prol das vítimas de câncer durante todo o mês de Maio. Celebrando o mês da Padroeira e também o dia das mães, a ação denominada Amigos Contra a Fome, buscará arrecadar alimentos não perecíveis para os pacientes da Rede Feminina de Combate ao Câncer e da ONG Oncovita. As doações deverão ser entregues na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Rua Maria Jacinta, 40 na região da USP, Jardim Paraíso.

Links:
https://www.saocarlosagora.com.br/cidade/amigos-contra-a-fome-ira-arrecadar-alimentos-para-pacientes-com-cancer/136238/

Postado por: Luiz Eduardo
Local: Campina Grande/PB

Diversos movimentos sociais e populares ocuparam a extinta Cozinha Comunitária do Jeremias para servir refeições gratuitamente à população carente e de baixa renda da região. A iniciativa é do “Comitê Sindical e Popular contra a Fome” que tem como objetivo que a Prefeitura de Campina Grande reabra todas as Cozinhas Comunitárias e Restaurantes Populares da Cidade e garanta a população que está passando fome, refeições diárias a baixo custo ou gratuitamente. Segundo o movimento, esta ação é um modelo de auto-organização formado por Agentes Populares de Saúde, onde foi realizado o cadastramento das famílias e em três dias foram servidas 1355 refeições, custeadas com recursos próprios das instituições que compõe o Comitê, sem nenhuma contribuição do poder público, nem empresarial. O Comitê Sindical e Popular Contra a Fome é formado por instituições, sindicatos, movimentos sociais e estudantis. Para mais informações de como ajudar e apoiar a luta contra fome, entre em contato com o Comitê Sindical e Popular através do número (83) 9-8877-3222.

Links:
https://sintab.org.br/comite-contra-fome-ocupa-cozinha-comunitaria-e-distribuem-refeicoes-gratuitas-para-populacao-de-baixa-renda/

Postado por: Mobilizadores
Local: Fortaleza/CE

O COEP CE aderiu e está mobilizando apoio à campanha “Soma Mais Fortaleza”, que arrecada doações para pessoas em situação de vulnerabilidade social em Fortaleza devido à pandemia de Covid-19. A ação solidária surgiu para suprir uma carência na sociedade, principalmente durante a pandemia, e qualquer pessoa pode contribuir, fazendo a doação de qualquer coisa, seja alimentação, roupa ou kit de higiene. Soma Mais Fortaleza terá a participação da sociedade civil, bem como de empresas, de entidades e daqueles que de alguma forma poderão contribuir na sua área de influência para que as doações aconteçam. Locais de arrecadação: Shopping RioMar, Farmácias Pague Menos e Ginásio Paulo Sarasate.

Links:
https://www.instagram.com/somamaisfortaleza/

Postado por: José Murilo Siqueira
Local: Aracaju/SE

Cerca de 2.300 garçons de bares, restaurantes e de eventos estão há mais de um ano sem trabalho ou com a carga horária reduzida por conta da pandemia provocada pela Covid-19, muitos inclusive estão passando fome e pedindo ajuda da Associação de Garçons da Grande Aracaju (AGA) para conseguir cestas básicas e se alimentar. “A situação está muito ruim, não só para a classe de garçom, mas também a de ajudantes de cozinha, cozinheiros e barman. Desde março do ano passado as casas de evento estão paradas, o governo adotou medidas que prejudica toda a classe, e pelo menos se os bares abrissem aos finais de semana com 30% de sua capacidade, como já aconteceu, o sofrimento ia ser menor, mas nem aos finais de semana estão abrindo”, lamentou Salvador Santa, presidente da AGA. Ainda segundo o presidente da associação, a situação é ainda pior para os garçons de eventos. “Desde o ano passado não ocorrem casamentos, festas de 15 anos, formaturas, ou seja, pelo menos 1.500 garçons estão sem trabalho e sem auxílio do governo. Ano passado conseguimos arrecadar mais de meia tonelada de alimentos e doar, e este ano já conseguimos 100 cestas básicas e vamos fazer a doação hoje. Todo dia tem um garçom ligando para mim, precisando de alimento”, revelou. Quem puder contribuir com a classe pode deixar as doações diretamente na sede da associação, que fica localizada na Rua Curitiba, nº 667, no Bairro Industrial. Para mais informações de como ajudar, falar com Salvador Santana pelo número (79) 9 9985-8869.

Links:
http://www.jornaldacidade.net/cidades/2021/04/322003/garcons-enfrentam-dificuldades.html

Postado por: José Murilo Siqueira
Local: São Paulo/SP

O Projeto de Ponta a Ponta é um projeto de Segurança Alimentar que busca fortalecer as duas pontas da cadeia de alimentos; a ponta da produção de alimentos e a ponta da distribuição de alimentos. Conectamos quem tem comida e não consegue vender, com quem precisa de comida e não tem dinheiro para comprar. Com a atual situação do Covi-19, observamos um problema nas duas pontas da cadeia de alimentos no escoamento da produção agrícola e no acesso à alimentação: Numa ponta muitos produtores rurais estão com dificuldades para vender sua produção e manter os empregos, alguns estão jogando alimentos fora por não terem compradores para seus produtos e não não conseguem doar, pois não tem dinheiro para o transporte. Na outra ponta, muitas famílias estão sem alimentos e a fome volta a ser uma triste realidade no Brasil. Pensando em unir essas duas pontas, ajudando os agricultores a escoar sua produção evitando sua falência e as famílias a se alimentar, criamos o Projeto De Ponta a Ponta. Com esse dinheiro pagamos os pequenos produtores, a fim de diminuir o impacto da pandemia na renda dos trabalhadores rurais, que viram suas vendas cair devido a pandemia e o fechamento de bares e restaurantes. Montamos as cestas de hortifruti numa escola pública e distribuímos à comunidade escolar e aos moradores do entorno, sem nenhuma distinção. As entregas são feitas semanalmente! Atualmente estamos localizados na Escola Estadual Prof. José Monteiro Boanova na Lapa. Você pode ajudar ainda:
Doando alimentos, dando apoio logístico, transportando alimentos, divulgando nossa iniciativa nas suas redes.
Trabalhamos em conjunto com o Instituto Kairós para recolher as doações e distribuir às partes associadas.
Instituto Kairós, Banco do Brasil, Ag. 1552-0, CC: 23462-1, CNPJ: 07.037.770/0001-58

Links:
http://www.depontaaponta.com.br

Postado por: Weggles Araujo
Local: Acre, Rondônia, Mato Grosso, Amapá, Ceará e Rio Grande do Norte

A campanha nacional carrega o slogan Se tem Gente com Fome, Dá de Comer e arrecada fundos para o enfrentamento da fome da miséria e da violência na pandemia de Covid-19. “Além das mortes, a pandemia trouxe fome, miséria e violência. É preciso agir rápido e, por isso, precisamos da sua ajuda. A fome não pode esperar”.

Links:
https://www.temgentecomfome.com.br

Postado por: Adriana Antunes
Local: Porto Alegre/RS

Criado em 20 de março de 2020, o Amparaí tem como objetivo distribuir diariamente refeições para pessoas em situação de vulnerabilidade social em Porto Alegre. Ao longo do projeto, já foram distribuídas mais de 130 mil quentinhas.

Links:
https://apoia.se/misturai

Postado por: Adriana Antunes
Local: São Paulo/SP

ONG ajuda a combater o desperdício e alimenta milhares de pessoas em situação de insegurança alimentar. Os interessados podem ajudar de forma pontual ou recorrente.

Links:
https://bancodealimentos.org.br/doe

Postado por: Mobilizadores
Local: Rio de Janeiro/RJ

A Agência do Bem retomou a campanha Quarentena Sem Fome, com o objetivo de amenizar as dificuldades de famílias em situação de vulnerabilidade e facilitar que as doações chegue de forma eficiente e práticas a elas. Adotando uma família por três meses, pelo valor mensal de R$ 85, a Agência do Bem se encarregará diretamente de todo o processo, desde a compra até a distribuição das cestas de alimentos e itens básicos de higiene. Para contribuir, basta realizar uma transferência para os dados abaixo, enviando email para contato pelo endereço contato@agenciadobem.org.br.
Agência do Bem / Banco Itaú / Agência 7499 / Conta corrente 13311-9 / CNPJ 17.016.104/0001-97

Links:
https://www.facebook.com/agenciadobem/
https://www.agenciadobem.org.br
https://eurio.com.br/noticia/21409/agencia-do-bem-retoma-campanha-quarentena-sem-fome.html

Postado por: Mobilizadores
Local: Nacional

Cientistas de várias universidades públicas brasileiras iniciaram uma ação nas redes sociais para incentivar a sociedade a ajudar na luta contra a fome no Brasil, problema agravado pela pandemia, com a queda de renda da população. Chamada Coalizão contra a fome – A ciência de mãos dadas com a cidadania, a iniciativa pretende alertar para a emergência que a carência de alimentos representa e chamar as pessoas a contribuírem com Organizações Não Governamentais (ONGs) que atuam no combate à fome (confira a lista abaixo). O pesquisador Paulo Artaxo, professor do Instituto de Física (IF) da USP, alerta que se trata de uma emergência que precisa de reação forte da sociedade e que o auxílio emergencial é insuficiente para alimentar uma família ao longo do mês. “Além de fazer ciência temos que fazer ciência cidadã, ajudando a mitigar esse problema da fome”, afirma. A ação Coalizão contra a fome divulgou uma lista de organizações que recebem doações de alimentos e trabalham na distribuição junto às populações vulneráveis.

Links:
www.facebook.com/CoalizaoCS
https://www.instagram.com/cienciasociedade_coalizao/
https://www.youtube.com/channel/UCspTdqD-vXTdAC61sVr9ihg
https://twitter.com/CoalizaoCs
https://jornal.usp.br/universidade/cientistas-lancam-campanha-de-mobilizacao-pela-emergencia-da-fome-no-pais/

Postado por: Lindomar de Lima Pereira
Local: São João da Ponte/MG

Já se passaram um ano do COVID-19 e nossas famílias ainda sofrem com a falta de recursos, de trabalhos e de alimentos. São mais de 115 famílias cadastradas desde o início desta pandemia, que de alguma forma, são assistidas pelas ações da Associação Comunitária Quilombola de Vereda Viana . Para continuarmos nosso trabalho, precisamos de doações financeiras para a compra de 500 cestas básicas, kits de higiene e limpeza no valor aproximado de R$ 80, o conjunto todo. Contamos com a sua colaboração e temos a certeza de que juntos, venceremos mais esta etapa.

Públicos beneficiados por esta ação: Adolescentes, crianças, adultos, comunidade tradicionais
Total de beneficiados diretos da ação:240 família
BANCO: 756 SICOOB CREDIVAG / AGENCIA: 3134 / CONTA: 18186-2

Postado por: Mobilizadores
Local: Nacional

Fazer doações online pelo iFood é possível para contribuir no combate à fome no Brasil pelo aplicativo para Android ou iPhone (iOS). O valor em dinheiro é totalmente convertido em doação de cestas básicas para a ONG Ação da Cidadania, refeições para diversas instituições e alimentos para o projeto #VencendoJuntos. Existem três formas de doação:

  • Doação de cestas básicas para a ONG Ação da Cidadania. As doações são feitas pelo app do iFood e convertidas em cestas básicas que são entregues pela ONG Ação da Cidadania para famílias mais vulneráveis em 100% dos estados brasileiros.
  • Doação de refeições prontas dos restaurantes do Bom e Barato. Por meio de doação de refeições prontas no app do iFood, é possível apoiar a população vulnerável e apoiar pequenos restaurantes ao gerar renda com a produção dessas refeições. Além disso, os entregadores que realizam essas entregas para os restaurantes que fazem parte da ação, recebem pagamento pela rota e também ganham uma refeição.
  • Doação de cartões vale-alimentação. Aqui o usuário doa alimentos para a campanha #vencendojuntos, idealizada por atletas brasileiros como Flávio Canto, Hortência, Guga entre outros. O objetivo é beneficiar cerca de 33 mil famílias em situação de vulnerabilidade social em diversas cidades do Brasil. As doações são convertidas em vales-alimentação no valor de R$ 100,00 durante 3 meses.

Links:
https://institucional.ifood.com.br/nossa-entrega/ferramenta-doacao
https://institucional.ifood.com.br/doacao/
https://olhardigital.com.br/2021/04/12/dicas-e-tutoriais/combate-a-fome-saiba-como-fazer-uma-doacao-pelo-ifood/

Postado por: Luiz Eduardo
Local: Nacional

Com a sessão de meditação solidária, que acontecerá pela plataforma zoom, espera-se reavivar, nos participantes, a motivação para pensar e agir no coletivo, na busca por ajudar o outro dentro das possibilidades de cada um. Uma maneira de entrar em contato com aquilo que nos une como seres humanos e, também, reverberar o sentimento de gratidão pelo que se tem. As doações arrecadas serão inteiramente revertidas ao projeto @paodopovodarua (https://www.ipcb.net.br/doação-marmita-solidária-ipcb), idealizado e coordenado pelo Chef Ricardo Frugoli e apoiado pelo Padre Julio Lancellotti (@PadreJulio.Lancellotti), ativista religioso que se tornou símbolo nacional da luta e amor a favor daqueles que mais necessitam nesse momento. Este evento conta com o apoio do Centro de Estudo do Budismo Tibetano Shiwa-Lha (@centro_shiwa_lha_ ), e do Centro Cultural b_arco (@b_arco). Doação: Qualquer contribuição pode fazer a diferença!

Links:
https://www.eventbrite.com.br/e/meditacao-solidaria-com-ilana-gorban-registration-148434978015
https://www.ipcb.net.br/doação-marmita-solidária-ipcb
https://shiwalha.org.br

Postado por: Mobilizadores
Local: Nacional

O aplicativo Comida Invisível oferece comida para quem tem fome, conectando restaurantes e outros estabelecimentos a mercados, creches, ONGs ou mesmo pessoas físicas, que precisem de alimentos, tudo através de geolocalização. O app foi criado pela advogada Daniela Leite, a publicitária Flavia Vendramin e o jornalista Sergio Ignácio como a melhor forma possível de combater um dos grande males contemporâneos: o desperdício de alimentos. “Conectamos quem precisa receber alimentos, com empresas que queiram destinar seus excessos, com segurança e praticidade”, diz o site do app. Quem puder doar deve se cadastrar no app, informar qual comida irá doar com validade, data e forma de entrega. Com a aceitação da doação pela outra parte, o doador confirma se poderá fazer a entrega ou se ela terá de ser retirada. Vale lembrar que todos que participam assinam compromissos de responsabilidade, sobre manipulação dos alimentos, além de terem de participar de um treinamento online sobre armazenamento e preparo de alimentos, seguindo as normas da Anvisa.

Links:
https://www.comidainvisivel.com.br
https://www.instagram.com/comidainvisivel/
https://linktr.ee/comidainvisivel

Postado por: Mobilizadores
Local: Uberaba/MG

A Escola Municipal Santa Maria promoveu, no dia 14/4, o Dia da Partilha. Uma mesa foi instalada no lado de fora da escola, com alimentos e roupas, incentivando quem precisava das doações a pegar os produtos e quem pudesse ajudar a deixar um donativo. O objetivo da ação foi ajudar o próximo e minimizar os impactos da pandemia junto às famílias. A diretora da escola contou que a ideia do evento surgiu da constatação do grande número de famílias perdendo o emprego e de crianças passando fome, sem energia e sem internet para assistirem as aulas.

Links:
https://jmonline.com.br/novo/?noticias,1,GERAL,211035

Postado por: Mobilizadores
Local: Belo Horizonte/MG

“A fome tem pressa”. Essa frase encerra a primeira publicação no perfil oficial da ação “Dois pães e um pingado BH”, que divulga a ação de uma equipe que ajuda a combater a fome na capital mineira, distribuindo café da manhã para a população em vulnerabilidade social. O trabalho já existe em outras cidades do país como Campinas, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Chegou à Belo Horizonte em julho de 2020 e, desde então, leva 100 kits com pães, frutas, água, achocolatado e café para quem precisa. O gesto ocorre sempre aos domingos, percorrendo a região de Venda Nova até o viaduto próximo à avenida Bernardo Vasconcelos. Os voluntários utilizam a internet para interagir com a boa vontade dos doadores. Para ajudar, basta entregar alimentos que podem compor o café da manhã. Também contam com mão de obra na montagem e entrega dos kits e apoio na divulgação das ações. Outras informações estão na página do projeto ou, ainda, pelo telefone (31) 99158-7681.

Links:
https://www.instagram.com/doispaeseumpingadobh/?utm_source=ig_embed
https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2021/04/15/voluntarios-distribuem-cafe-da-manha-e-material-de-higiene-para-pessoas-sem-teto-em-bh.ghtml

Postado por: Mobilizadores
Local: Porto Alegre/RS

A cozinha do restaurante do Clube dos Jangadeiros foi aberta para preparo de refeições entregues a moradores de rua. A distribuição de marmitas começou por iniciativa de um sócio do local e culminou na reativação do espaço, que estava com atendimento limitado devido à pandemia. Refeições servidas em uma marmita de isopor são distribuídas para pessoas em situação de rua nas comunidades mais pobres de Porto Alegre, uma forma encontrada para amenizar a fome de quem viu os rendimentos minguarem com a pandemia de coronavírus. O preparo das marmitas começou ainda em 2020. Em 12 meses, 5 mil entregas foram realizadas, em roteiros indicados por outros voluntários ou até mesmo em incursões itinerantes com a kombi do restaurante. Quem quiser ajudar pode entrar em contato com o organizador da ação, Leandro Garcia (Lelê), pelo telefone (51) 98179-4707. Também é possível fazer um Pix para o restaurante, pela chave: speventosgastronomicos@gmail.com.

Links:
https://gauchazh.clicrbs.com.br/porto-alegre/noticia/2021/04/cozinha-do-clube-dos-jangadeiros-e-aberta-para-preparo-de-refeicoes-entregues-a-moradores-de-rua-cknhn5nck0023016ulqdwydjx.html

Postado por: Mobilizadores
Local: Petrópolis/RJ

Um grupo de profissionais do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, atuantes na linha de frente do combate à Covid-19, criou o projeto “Mãos Que Cuidam” em parceria com o Projeto Aloha. O intuito é combater a fome e outras necessidades das famílias de pacientes internados ou que faleceram, que estão passando por dificuldades financeiras. “Por mais que a assistência social as insira nos programas de governo, a ajuda demora muito a chegar até eles.(…) Inúmera vezes, nós profissionais juntávamos dinheiro e ajudávamos apenas uma família. A partir disso, pensei que ao invés de ajudarmos uma só, poderíamos criar um projeto maior e que pudesse atender todas as demandas. Conseguimos também pensar numa forma de não focar somente nos pacientes,  mas num todo. Já tivemos a situação de um paciente que a mãe morreu no hospital, onde o pai, impossibilitado de trabalhar, ficou sozinho com sete filhos, em sua grande maioria menores de idade, e nos juntamos e arrecadamos doze cestas básicas para a família”, conta a enfermeira Carol Caminho, uma das idealizadoras do projeto. Para informações, entre em contato com (24) 98825-7422. O ponto de arrecadação está sendo no Terê Frutas, na Rua Paulo Barbosa. As doações também podem ser feitas acessando o site da DIB e realizando a compra online, indicando o nome de Carlo Camanho junto com o número do telefone.

Links:
https://tribunadepetropolis.com.br/noticias/profissionais-da-linha-de-frente-contra-covid-ajudam-familias-em-extrema-pobreza/

Postado por: Mobilizadores
Local: São Paulo/SP

Um cliente de um restaurante localizado no bairro de Jatiúca, em Maceió, inovou na atitude solidária. Ao verificar a nota do pedido, feito na segunda-feira (12/4) por um aplicativo de entregas, o funcionário percebeu que o cliente pediu para que a refeição comprada online fosse entregue para alguém que estivesse passando fome na rua. A compra, um combo com sanduíche, batatas fritas e um copo de 3oo ml de suco de laranja, foi então dado a uma mulher grávida que pedia ajuda em frente ao estacionamento de um supermercado. E não demorou muito para que o pedido, compartilhado na rede social do estabelecimento, viralizasse e comovesse milhares de internautas.

Links:
https://www.instagram.com/p/CNlo8iDrxSD/
https://www.msn.com/pt-br/receitasebebidas/noticias-e-receitas/cliente-pede-delivery-para-quem-está-na-rua-passando-fome-e-comove-web/ar-BB1fESH9?li=AAavj2p

Postado por: Mobilizadores
Local: Embu das Artes/SP

O Projeto Banca Solidária de Alimentos distribui periodicamente, e conforme a disponibilidade, verduras, legumes e frutas à população, por meio do Banco Municipal de Alimentos. A sua realização é sazonal e depende da doação de produtos em bom estado para consumo, que são provenientes do excedente do Programa de Segurança Alimentar, que atende famílias em situação de vulnerabilidade social no município. Para saber informações sobre a realização da Banca Solidária, o munícipe deverá entrar em contato com o Banco de Alimentos pelo telefone (11) 4704-0896. O Banco Municipal de Alimentos Herbert José de Souza fica na rua Aleardo Carpi, 383, Vila Cercado Grande.

Links:
https://www.jornalspreporter.com.br/noticia/7934/embu-das-artes-banca-solidaria-combate-a-fome-e-o-desperdicio-com-doacao-de-alimentos

Postado por: Mobilizadores
Local: Rio de Janeiro/RJ

O Projeto Sem Fome foi criado durante a pandemia para ajudar desabrigados no Rio de Janeiro por via da distribuição de água e quentinhas diariamente pelo bairro do Centro. Atualmente o projeto entrega em média 100 quentinhas e 100 garrafas d’água por dia, o que custa aproximadamente 900 reais. Por mais que doadores fixos mantenham esse esforço ao longo das semanas, os recursos para continuar as entregas tem diminuído consideravelmente.

Links:
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/projeto-sem-fome-andre-simoes-de-oliveira
https://www.instagram.com/projeto.semfome/?hl=pt-br

Postado por: Mobilizadores
Local: Recife/PE

Um coletivo organizado por jovens de periferias do Recife realiza uma campanha para arrecadação de fundos para ações emergenciais de enfrentamento à fome e miséria na pandemia de Covid-19. O objetivo é distribuir 1500 cestas, garantindo que mais de 350 famílias mapeadas no nosso cadastro sejam beneficiadas durante 5 meses, em 15 comunidades periféricas da Região Metropolitana do Recife.

Links:
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/de-bucho-cheio
https://www.instagram.com/redetumulto/
https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/vidaurbana/2021/04/coletivo-faz-campanha-para-arrecadar-fundos-no-combate-a-fome-na-regia.html

Postado por: Vandeilson Pedro
Local: Barra de Guabiraba/PE

A iniciativa do casal Flávia e Paulo já faz cinco anos e vem cada vez mais ajudando as pessoas mais carentes da cidade de Barra de Guabiraba no agreste de Pernambuco. Também vem ganhando parceiros (comerciantes locais) que ajudam com suplementos para fazer o sopão e distribuir atualmente para mais de 300 pessoas. O ato de solidariedade é chamado de SOPÃO FIÉIS DA FAMÍLIA, que está sendo mais importante ainda nesse momento de pandemia que enfrentamos e vai de encontro ao combate de outra realidade negativa, que é a fome!

Links:
https://www.facebook.com/sopaofieisdafamilia.oficial/
https://globoplay.globo.com/v/9432608/

Postado por: Francisco Weggles L. de Araujo
Local: Todo o País

Movimentos sociais e ongs lançaram a campanha “tem gente com fome”, para levar cestas básicas a quase 223 mil famílias em vulnerabilidade no Brasil. Em minas, a expectativa é ajudar pelo menos 1.420 famílias. As cestas, no valor equivalente a R$ 200 por mês, incluem alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal. Elas serão distribuídas por um período de três meses. Para que tudo isso seja possível, a ação precisa arrecadar 133 milhões de reais. As doações podem ser feitas por meio do site.
.

Links:
https://www.temgentecomfome.com.br
https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2021/03/18/campanha-quer-levar-cestas-basicas-a-familias-em-vulnerabilidade-na-pandemia-veja-como-ajudar.ghtml

Cozinhas solidárias

Postado por: Mobilizadores
Local: Roraima, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e São Paulo

Campanha do MTST para a construção de Cozinhas Solidárias para que as famílias nas periferias tenham garantida sua alimentação rica em nutrientes. Serão construídas 16 Cozinhas Solidárias em 11 estados: na periferia dos estados de Roraima, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, duas no Distrito Federal, quatro nas periferias de São Paulo e, por fim, uma na região do ABC paulista. A proposta de implementação das cozinhas solidárias visa impactar diretamente a vida da população mais vulnerável das periferias.  As Cozinhas Solidárias funcionarão todos os dias distribuindo almoços grátis para as famílias das periferias dos centros urbanos do país.

Links:
https://apoia.se/cozinhasolidaria?fbclid=IwAR2MwuxD_gPCODPd-YHPn5i9bDeGUBMo64DkhpczVG87VoibvuGUSr5JPTw

Tio e sobrinho criam banca solidária para doar alimentos a quem não tem como comprar 

Postado por: Mobilizadores
Local: São Luís/MA

Tio e sobrinho, comerciantes montaram uma banca em frente ao seu estabelecimento comercial repleta de alimentos e ítens de mercearia, com um cartaz que diz: “Caso você esteja precisando de alimentos e não tenha como comprar, fique à vontade para pegar. E se quiser doar, sinta-se à vontade”. Os comerciantes representam hoje o único salva-vidas para muitas famílias impactadas pela pandemia na região metropolitana de São Luís. Eles tiram do próprio bolso o dinheiro para adquirir os produtos alimentícios distribuídos a quem precisa.

Links:
https://jornalpequeno.com.br/2021/04/09/tio-e-sobrinho-criam-banca-solidaria-para-doar-alimentos-a-quem-nao-tem-como-comprar/

Campanha Fortaleza Sem Fome busca apoio para associações que atuam no combate à fome 

Postado por: Mobilizadores
Local: Fortaleza/CE

A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB), instituição da Secult (Governo do Ceará), lançou a campanha “Fortaleza sem fome” para que aqueles que puderem, colaborem com a continuidade das atividades das associações que atuam no combate à fome. Para apoiar, os interessados devem entrar em contato diretamente com as associações e conferir a melhor forma de colaborar, seja com doações de alimentos, kits de higiene pessoal ou transferências financeiras.

Grupo Espírita Mei Mei | Telefones: (85) 9146-2230 ou (85) 9.9125.7979 • Associação dos moradores do Bom Jardim | e-mail: associacaobj_bj@yahoo.com.br | mariazenilce@gmail.com Instagram: @ambjunidas • Associação do Comércio Solidário do Pirambu | Telefone: (85) 98733-1421 ou (85) 99418-5114 • Gentil Somos | Telefone: (85) 98642-6300 | Instagram: @gentilsomos • Movimento Saúde Mental | Telefone: (85) 99179-1396 | Instagram: @movimentosaudemental • Associação É POSSIVEL | Telefone: (85) 98817-1368 | Instagram: @epossivel_ • União de Jovens do Vicente Pinzón | Facebook: https://www.facebook.com/Uniao-de-Jovens-do-Vicente-Pinzon-456723331165199/ | Instagram: @uniaodejovensdovincentepinzon • Centro de Formação Capacitação e Pesquisa Frei Humberto | Telefone: (85) 3051-3237 ou (85) 99901-7284 | Instagram: @centrofreihumeberto • Instituto João de Deus | Telefone: (85) 99986-8333 ou (85) 3235-4145 | Instagram: @institutojoaodedeus • SOS Periferia | Telefone: (85) 99635-7677 | Instagram: @sos.periferia

Links:
https://www.ceara.gov.br/2021/04/09/campanha-fortaleza-sem-fome-busca-apoio-para-associacoes-que-atuam-no-combate-a-fome/

Geladeira solidária oferece comida a quem precisa 

Postado por: Mobilizadores
Local: Campo Bom/RS

A ideia é simples e muito eficiente. Uma geladeira é instalada na rua. Pessoas, restaurantes, entre outros podem deixar comida lá em vez de desperdiçar ou jogar fora. Quem estiver passando por lá pode se alimentar, assim ajudam pessoas necessitadas e evitam desperdício de comida, dois problemas minimizados em uma solução simples. Um casal em Campo Bom instalou a geladeira antiga em frente da casa e avisou a vizinhança que todos que quisessem poderiam colocar alimentos na geladeira, para quem precisa. Quem pode doar alimentos, deposita na geladeira, e quem precisa, abre a porta e pega o que necessita. Como a geladeira não está ligada, só podem ser doados alimentos não perecíveis.

Links:
https://agazetacb.com.br/geladeira-solidaria-oferece-comida-de-graca-para-moradores-carentes/
https://www.jornalnh.com.br/cotidiano/blogs/bom_exemplo/2020/06/29/casal-usa-geladeira-antiga-para-oferecer-comida-a-quem-precisa-em-campo-bom.html

Padaria Solidária distribui pães e leite às famílias de baixa renda 

Postado por: Mobilizadores
Local: Cabo Frio/RJ

O projeto ‘Padaria Solidária’, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, distribui pães e leite para moradores de vários bairros da cidade que estejam com dificuldades financeiras devido à crise do novo coronavírus. O projeto começou no início de abril e já atendeu mais de mil pessoas. Para receber a doação, a família deve se cadastrar no próprio local, em um estabelecimento anexo à padaria Remmar, na Avenida Teixeira e Souza, 1203, Braga. Cada família cadastrada ganha seis pães e 1 litro de leite. A distribuição dos kits acontece diariamente em dois horários: das 10h às 13h, e das 14h às 15h. Para atender a demanda, Renato conta com os apoio dos funcionários, que voluntariam 2h do seu tempo para ajudarem na iniciativa.

Links:
https://observatorio3setor.org.br/noticias/padaria-solidaria-doa-paes-e-leite-as-familias-de-baixa-renda/
https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2020/04/15/padaria-solidaria-distribui-paes-e-leite-para-a-populacao-durante-a-quarentena-e-empresario-explica-somos-o-que-fazemos-pelos-outros.ghtml

Campanha Vacina Solidária 

Postado por: Áureo Almeida de Oliveira
Local: Belo Horizonte/MG

O COEP Minas lançou no dia 8 de abril de 2021 uma campanha solidária em todo estado de Minas Gerais, Vacina Solidária. Estamos encaminhando todo o material de divulgação para os parceiros do COEP Brasil. Estes modelos das cartas podem ser usados por todos, dentro de cada COEP, mudando apenas o nome do estado e os representantes do COEP. Esta iniciativa tem as participações do Marcos Tadeu, do INDEC – BDMG, e da Júlia Caldas, representando a FUNDAMIG..

Links:
Carta aberta à sociedade mineira
Carta aberta aos prefeitos de Minas Gerais
Proposta para campanha para arrecadação de arrecadação / doação de alimentos
Release – COEP Minas articula mobilização estadual para combate à fome

Unindo Forças BH – Todos Contra a Fome 

Postado por: Áureo Almeida de Oliveira
Local: Belo Horizonte/MG

A pandemia de COVID-19 deixa sequelas muito além das quase 300 mil vidas perdidas no Brasil. No cenário econômico, os preços dos produtos básicos aumentam cada vez mais e famílias enfrentam dificuldades de comprar alimentos para as refeições do dia. Por isso, um grupo de empresas, instituições e projetos sociais de Belo Horizonte se juntaram em uma campanha on-line, “Unindo Forças BH- Todos contra a Fome”, para arrecadar doações e transformar em cestas básicas. Colocar comida na mesa de quem precisa é o propósito descrito na campanha. O objetivo, segundo os fundadores, é arrecadar R$ 1 milhão para ser revertido em 15 mil cestas básicas para todas as famílias carentes de mais de 50 comunidades em toda Grande BH. Para doar, basta acessar o site https://evoe.cc/unindo-forcas-bh , clicar em “apoiar o projeto”. Você pode contribuir com qualquer valor na campanha, mas também exibem a quantia para ajudar um casal (R$ 50) ou até mesmo mais de 100 famílias (R$ 10.000).

Links:
https://evoe.cc/unindo-forcas-bh
https://www.instagram.com/unindoforcasbh/

Doação de alimentos DF 

Postado por: José Murilo Siqueira
Local: Brasília/DF

A ONG Cereal Cerebral é uma Associação Sem Fins Lucrativos com sede em São Paulo e filial em Brasília que conta com uma equipe de nutricionistas de todo o Brasil. Nós fornecemos atendimento online gratuito com nutricionista e também palestras de conscientização sobre alimentação e saúde com doação de alimentos para comunidades carentes de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. O momento atual pede distanciamento e cuidados para evitar a contaminação pelo COVID-19. Respeitando as medidas de isolamento, estamos arrecadando verbas somente pela Internet e vamos fazer a compra dos alimentos para entrega somente após a conclusão das campanhas de vacinação nas cidades onde atendemos. Nós pretendemos doar uma cesta básica por família. O custo médio dos produtos que compõem a cesta básica, na capital paulista, foi estimado em R$ 654,15, alta de 3,59% na comparação com dezembro de 2020 (Fonte: DIEESE, Fevereiro 2021). Em 11 das 17 capitais analisadas pela pesquisa, a cesta básica custa mais da metade do salário mínimo atual. Precisamos ajudar essas famílias que estão em situação de pobreza e recebem muito menos que um salário mínimo a ter o que comer. Para cumprir a meta de atender pelo menos 30 famílias por comunidade, precisamos arrecadar R$ 19.624,50. Todos que fizerem parte dessa arrecadação de doações online receberão um e-mail com as fotos feitas no dia da doação cm cada família que ganhou a cesta básica e também com uma mensagem de agradecimento das família e dos nossos voluntários da ONG.

Links:
https://benfeitoria.com/doacao-de-alimentos-df-nvi?ref=benfeitoria-pesquisa-projetos
https://www.instagram.com/cerealcerebral/

Cajazeiras Solidária II 

Postado por: Francisco Weggles Lima de Araujo
Local: Cajazeiras/PB

As famílias em situação de vulnerabilidade social residentes em áreas periféricas da cidade começaram a receber, nesta quarta-feira, 07, centenas de cestas básicas doadas por segmentos do comércio e do empresariado de Cajazeiras.

Links:
https://www.radarsertanejo.com/2021/04/07/cajazeiras-solidaria-ii-cestas-basicas-comecam-a-ser-entregues-as-familias-carentes/

Cidades Sem Fome 

Postado por: Luiz Eduardo
Local: São Paulo/SP

Projeto usa áreas abandonadas em SP pra trazer comida e emprego para as pessoas. A ONG Cidades Sem Fome desenvolve projetos de agricultura sustentável, baseados nos princípios da produção orgânica, para levar autosuficiência financeira e de gestão para comunidades vulneráveis. Desenvolve projetos de Hortas Comunitárias, Hortas Escolares e Estufas Agrícolas utilizando espaços, áreas públicas e particulares precárias que não possuem uma destinação específica, para criar oportunidades de trabalho para pessoas em vulnerabilidade social e melhorar a situação alimentar e nutricional de crianças e adultos.

Links:
https://cidadessemfome.org/pt-br/
https://www.facebook.com/cidadessemfome/?fref=ts
https://www.hypeness.com.br/2013/06/projeto-usa-areas-abandonadas-em-sp-pra-trazer-comida-e-emprego-pras-pessoas/

Prefeitura e organizações da sociedade civil se unem na campanha Rio Contra a Fome

Postado por: Andre Spitz
Local: Rio de Janeiro/RJ

Os 250 postos de vacinação do município do Rio de Janeiro estão recebendo doações de alimentos não-perecíveis. A campanha está incentivando pessoas que forem se vacinar contra a Covid no município do Rio a levar 1kg de alimento não-perecível que será destinado a pessoas que estão passando por necessidades em comunidades durante a pandemia.

Links:
• https://prefeitura.rio/cidade/prefeitura-e-organizacoes-da-sociedade-civil-se-unem-na-campanha-rio-contra-a-fome-para-doacoes-de-alimentos/

Governo de São Paulo lança campanha “Vacina Contra a Fome”

Postado por: Luiz Eduardo
Local: Estado de São Paulo

Postos de vacinação contra a covid-19 em São Paulo estão recebendo doação de alimentos. A campanha Vacina contra a Fome foi lançada pelo governo do estado está contando com a adesão de muitas cidades paulistas. Na campanha, as pessoas que forem tomar a vacina podem doar alimentos não perecíveis, como arroz, feijão ou leite em pó. As doações vão ser repassadas pelas prefeituras para as famílias afetadas pela crise causada durante a pandemia.

Links:
• https://www.saopaulo.sp.gov.br/sala-de-imprensa/release/governo-de-sao-paulo-lanca-campanha-vacina-contra-a-fome/

Realização: