QUAL É A SUA MEMÓRIA?

ÁUREO ALMEIDA DE OLIVEIRA
SECRETÁRIO EXECUTIVO DO COEP MINAS
Aconteceu em 01/01/1989

LANÇAMENTO DO PROJETO PÃO FORTE

POR ÁUREO ALMEIDA DE OLIVEIRA  |
O que é Pão Forte? Em 1989 surgiu na UFMG a inovação tecnológica Pão Forte. É um alimento onde os componentes se completam e então são mais aproveitados pelo organismo. É proibida sua comercialização e a titularidade é da UFMG. O Pão Forte contém fubá e farinha de trigo enriquecidos com ferro e ácido fólico (vitamina B9), arroz, proteína de soja, açúcar, óleo de soja, sal e adição de vitaminas A e B12. O Programa Pão Forte Educativo não elabora projetos solicitando recursos financeiros porque ele se incorpora em rede às ações já existentes. Doações são desestimuladas.

1989- O Pão Forte é produzido pela primeira vez na Vila Pérola/Contagem.

1990- No B. Tijuca/Contagem 11 crianças consumiam 1 k de feijão/dia. Um mês após a introdução do Pão Forte 1k de feijão dava para 3 dias.

1991- Na creche D. Nali notou-se que “as crianças não mais corriam para irem almoçar, a ´cagança´ desapareceu e as crianças ganharam peso.

1992- Pão Forte é destaque na a Semana de Iniciação Científica da UFMG.

1992- Pão Forte integra o PRONAICA/MEC para atenção à criança.

1996- Pão Forte recebe a visita de professores universitários da Nigéria e de Gana convidados pelo Ministério das Relações Exteriores.

1998- Pão Forte é convidado para a primeira reunião do COEP/MG.

1997- Pão Forte é incorporado à Coletânea de Postais da UFMG em comemoração aos 70 anos dessa Universidade.

1997- Pão Forte é acrescido Da palavra ‘educativo’ porque as evidências indicavam que a desinformação da pessoa adulta era fator básico na subalimentação infantil.

1998- Pão Forte Educativo é apresentado à comunidade cientifica durante uma reunião da SBPC (Sociedade Brasileira de Pesquisa e Ciência).

2005- Pão Forte Educativo faz parceria com a ONG Projeto-Verde Novo para ir à Amazônia e nota que 70% dos óbitos eram de índios com menos de 5 anos de idade.

2009- Pão Forte Educativo COEP/MG, COEP/Contagem e lideranças comunitárias fazem inquérito nutricional básico das crianças da Vila Beatriz/Contagem. As famílias foram orientadas em reduzir o consumo de açúcar.

2010- Boletim COEP, No 0003/2010, apresenta o PANI/Programa de Avaliação Nutricional Infantil como sugestão aos seus membros. Fundamentado no Pão forte Educativo o COEP Nacional difunde a sugestão.

2014- Pão Forte Educativo é saudado como patente mais antiga da UFMG.

2014- Pão Forte Educativo é destacado pelos Correios em dois selos.

2021- A pandemia Convid-19 interrompe a produção do Pão Forte Educativo do qual cerca de 2 milhões de crianças tiveram acesso.

Fotos