Aplicativo de entregas cria botão contra violência doméstica

Atualizado em 13/7/2020

A plataforma de entregas Rappi iniciou uma parceria com o projeto Justiceiras, criado pela promotora de justiça Gabriela Manssur, para atuar no combate à violência contra a mulher.

A iniciativa conta com mais de 2 mil profissionais das áreas jurídica, psicológica, de saúde e assistência social. Apenas em março, o projeto identificou que 2.500 medidas protetivas foram decretadas em caráter de urgência em São Paulo. Em comparação, fevereiro registrou apenas 1.934.

O desenvolvimento da iniciativa com o Rappi consiste na criação de um botão de socorro no aplicativo, o ‘SOS Justiceiras’. O app pode ser utilizado por qualquer mulher em situação de vulnerabilidade para receber apoio das profissionais cadastradas.

Ao acionar o botão pelo aplicativo, a vítima será direcionada para um formulário simples de triagem e as integrantes do Justiceiras recebem o caso, e entram em contato com a mulher, via WhatsApp, para iniciar a conversa.

A ação faz parte da campanha #NãoÉSóDenunciar, visando mostrar que há uma série de processos que uma vítima de violência precisa enfrentar.

Fonte: Exame