Site gratuito divulga iniciativas de Campinas durante a pandemia

Atualizado em 9/6/2020

Uma plataforma criada para divulgar as iniciativas de profissionais autônomos durante a pandemia tem viabilizado a continuidade de negócios na região de Campinas (SP). Isso porque, após terem os trabalhos repercutidos no site Atitudes Inspiradoras, os empreendedores recebem doações e relatam um aumento na demanda de trabalhos.

Desde que foi criada pela Associação dos Profissionais de Propaganda (APP) de Campinas, há cerca de um mês, a plataforma já divulgou várias iniciativas. Uma delas é a da professora de yoga Fabiana Bressani, que ofereceu aulas gratuitas da modalidade na internet. Após saber da ação, uma empresa cedeu à autônoma um espaço publicitário localizado em uma avenida de Campinas, enquanto outra firma doou a arte do painel.

“A gente precisou se reinventar. Foi uma coisa rápida, e a gente começou a fazer uso dos aplicativos que já existiam. Fomos escolhendo um ou outro que era mais conveniente para cada pessoa, e, assim, a gente começou nessa modalidade”, conta Fabiana.

Em outro caso, uma fotógrafa de Pedreira (SP) usou o talento que tem para fotografar o trabalho de empresas de porcelanas que estavam prestes a fechar as portas devido a crise gerada pela pandemia.

A iniciativa foi divulgada no Atitudes Inspiradoras e, após notar um aumento na demanda de trabalhos, a fotógrafa decidiu postar na internet alguns tutoriais simples de como fotografar. O objetivo é ajudar os empreendedores que precisam divulgar os trabalhos que fazem.

“O pessoal gostou, falou que é relevante, que ajuda bastante. Então eu evoluí e decidi ensinar como criar um estúdio fotográfico usando uma caixinha de papelão. Eu acredito que, por menor que seja a nossa atitude, ela pode estar ajudando uma pessoa. Se todo mundo tiver a atitude de ajudar, isso vira uma rede grande”, diz Karen Ísis.

Como participar da iniciativa?

O interessado deve acessar o site Atitudes Inspiradoras. No endereço, há um link que direciona o empreendedor a um formulário. Nele, o autônomo deve cadastrar o negócio ou talento que tem. Assim, algumas pessoas podem pedir ajuda relacionada a esse trabalho, e outras podem ajudá-lo a divulgar o que faz.

Fonte: G1/Globo.com